Collider: ‘The Magicians’ em abraçar o terror e a possibilidade de seis temporadas

Dia 25 de janeiro, o Syfy vai abrir as cortinas para a sua adaptação dos romances de Lev Grossman, The Magicians. Os fãs dos livros já tiverem um sneak peek do primeiro episódio no mês passado, mas a série sobre um grupo de jovens adultos que estudam magia em uma faculdade secreta espera virar um enorme sucesso no início deste ano.
Uma vez que este é um projeto do Syfy, e que pode não ter sua audiência familiarizada com esse tipo de série, os produtores executivos Robert McNamara, Michael London, e Sera Gamble compartilham muito mais sobre o tom do show e quão longe eles estão dispostos a ir.

E durante o TCA 2016 os produtores executivos responderam perguntas sobre o quanto de terror The Magicians irá mergulhar, sobre o que eles acharam de mais atraente na trilogia de livros, como o show vai desviar-se da história original, e quanto tempo eles pensam que a série pode ter. Agora é o momento perfeito para entrar de cabeça nesta série e dar uma olhada nos bastidores apenas no caso da série se tornar o próximo hit da televisão.

Para o Deadline, aqui está o somatório do produtor McNamara de quanto de terror os fãs podem esperar em The Magicians:

“A coisa nos livros de Lev que me atraiu, sendo eu não muito fã da fantasia… tudo de verdadeiramente assustador nesses livros é o que o ser humano é capaz de fazer um com o outro. Então, nós iremos focar nisso. Difícil. Eu acho os livros hilários, e isso é uma das coisas mais divertidas de se adaptar e brincar. Não é pastiche ou acampamento ou sátira, mas os livros são muito seguros de si e extremamente engraçados. A libertação de escrever algo engraçado logo depois de algo de horror… é provavelmente o melhor dia de trabalho você pode ter.”

O The Hollywood Reporter teve mais de McNamara e companhia, incluindo os pensamentos do produtos executivos sobre quanto tempo o show pode durar, se bem recebido pelo público: “Eu acho que há material suficiente para seis temporadas.”

London elaborou: “A coleção de livros tem um monte de personagens e um monte de histórias que podem realmente ir em direções infinitas, e por isso estamos realmente animados em fazer além do que já existe nos três livros.”

Com todo esse material e potencial para novas histórias vem a liberdade de adaptar os livros de maneiras que os leitores nunca imaginaram, podendo ou não gostarem. Esse é o caso de qualquer adaptação. Por agora, The Magicians irá seguir o primeiro livro antes de já mergulhar no segundo, de acordo com Gamble: “O processo na sala dos roteiristas é uma espécie de interpretação talmúdica do texto de Lev. Às vezes viramos à esquerda; às vezes encontramos outro caminho para a mesma porta. Mas eu acho que a maior parte do grande enredo segue o que as
pessoas mais gostam nos livros. Há tanto sobre a essência e a construção desse mundo que Lev Grossman construiu que realmente nos obriga a nos prendermos a sua história.”

London ainda confirmou que Grossman é uma parte integral do processo: “Nós também trabalhamos em estreita colaboração com Lev. Se fizermos qualquer volta à esquerda, ou curvas à direita é sempre com a bênção e a cooperação dele.”

The Magicians chega dia 25 no Syfy, com episódio duplo de estreia.

 

Fonte: Collider
Tradução e Adaptação: The Magicians Brasil
Não reproduza sem os devidos créditos